Contorno Noroeste está a todo vapor e será inaugurado em abril, diz deputado Traiano

“Uma das obras viárias mais importantes em execução no Paraná, o Contorno Noroeste de Francisco Beltrão, está sendo tocada a todo vapor. Ela deve ser inaugurada até meados de abril.” A afirmação é do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), que vistoriou recentemente as obras e voltou entusiasmado com o andamento rápido do Contorno que estabelece uma conexão entre a PR-180 e a PR-483.

Responsável por levar a obra para Beltrão, Traiano gosta de destacar a importância estratégica e a dimensão desse projeto, de 5,2 quilômetros de extensão, que demandou investimentos na casa dos R$ 50 milhões, sendo R$ 30 milhões apenas com terraplenagem, drenagem, pavimentação, sinalização e segurança viária. “É uma obra fundamental. Reforçará a ligação do Sudoeste e Francisco Beltrão com Cascavel, Dois Vizinhos e Quedas do Iguaçu; vai induzir o crescimento do agronegócio e a geração de novas empresas.”

Governador Ratinho Jr. destaca a parceria
O governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) define essa obra como “uma amostra da parceria bem-sucedida entre o governo do Estado, Assembleia Legislativa e Prefeitura de Francisco Beltrão”.
Para o governador a importância do Contorno é inquestionável. “É uma obra muito emblemática. Valoriza essa área do Estado que tem se desenvolvido rápido e que induz o crescimento do agronegócio e a geração de novas empresas a partir do seu polo estudantil.”

Seis mil veículos transitando
Segundo o prefeito Cleber Fontana, (PSDB) a expectativa é de que esse contorno represente para o município os mesmos ganhos da estruturação viária dos anos 2000, que permitiu a construção de hospitais fora do eixo central. O projeto executivo aponta que, pelo menos, seis mil veículos devem transitar por dia nesse trecho após a sua inauguração.

O prefeito Cleber destaca a magnitude da obra.
“Esse contorno é imprescindível para retirar o trânsito pesado, até de cargas vivas, de dentro da cidade, da frente de hospitais, escolas. É uma região de agronegócio pujante, com caminhões de câmaras frias, ração, e que não precisa se misturar com a vida urbana. Essa alça rodoviária vai agilizar e melhorar a qualidade de vida de Francisco Beltrão, e conectar a cidade a outros municípios com mais rapidez.”

Fonte e foto: Jornal de Beltrão com assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *