BPFron apreende 12,7 toneladas de maconha no interior do Paraná

Cinco homens acabaram presos na quarta-feira (13/01) durante a abordagem do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) a uma propriedade rural na cidade de Toledo (Oeste do PR), que terminou com a apreensão de 12,7 toneladas de maconha, a maior apreensão de drogas da história da unidade. Os policiais militares do batalhão contaram com apoio de um helicóptero da Casa Militar para transporte de tropa e sobrevoo no local. Além de maconha, foram apreendidos carregadores para fuzil e R$ 3.500 em dinheiro.

De acordo com o BPFron, as equipes estavam em patrulhamento quando viram a propriedade e suspeitaram de uma carreta. Juntamente com policiais militares do Pelotão de Operações com Cães, foi feita uma vistoria ao veículo e constatado que estava com maconha. Com a possibilidade de haver mais droga no local, foi solicitado apoio para que mais equipes viessem ao local para auxiliar numa varredura mais detalhada. Durante o trabalho foi localizado um galpão que estava com dezenas de fardos de droga.

Um dos suspeitos que estava na propriedade tentou subornar os policiais militares para evitar a apreensão da droga, mas ele acabou preso. Ele e os demais envolvidos foram encaminhados por associação criminosa e tráfico de drogas. Segundo o BPFron, a apreensão é a maior que a unidade já fez desde a criação da unidade, em 2012. O prejuízo causado ao narcotráfico com a apreensão é de cerca de R$ 13 milhões.

A ação faz parte da operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça, e conta com efetivos de órgãos federais e estaduais no combate a crimes transfronteiriços. Além do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), participam da operação a Polícia Federal, a Receita Federal, a Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), ambos da Polícia Militar do Paraná; o grupo Tigre da Polícia Civil do Paraná; o BOPE da PM de Mato Grosso do Sul, a Força Nacional e o Exército Brasileiro.

Fonte e foto: PMPR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *