Três em cada quatro cidades do Paraná tiveram saldo positivo de emprego em fevereiro

De cada quatro municípios paranaenses, três apresentaram resultado positivo na geração de empregos em fevereiro, de acordo com o mapeamento divulgado na terça-feira (29) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério do Trabalho e Previdência. A pesquisa revelou que 291 cidades fecharam o período com mais contratações do que demissões (73%); e nove ficaram zeradas (2%), ou seja, com o mesmo número de admissões e desligamentos.

O restante (99 municípios) teve desempenho negativo. Desses, porém, 39 finalizaram com até cinco cortes (40%), número facilmente reversível em um curto período de tempo.

Essa conjuntura fez com que o Paraná fechasse o mês passado com saldo de 28.506 postos de trabalho com carteira assinada, reflexo de 169.870 admissões e 141.364 demissões, melhor resultado do Sul do País – Santa Catarina criou 28.484 e o Rio Grande do Sul 25.908. No ranking nacional, apenas São Paulo (98.262) e Minas Gerais (36.677) tiveram desempenho melhor no período. Sozinho, o Paraná abriu mais vagas que duas regiões inteiras do Brasil: Nordeste (28.085) e Norte (12.727).

No acumulado dos dois primeiros meses do ano, o Estado tem saldo de 47.804 postos abertos, ficando atrás apenas de São Paulo (142.513) e Santa Catarina (51.906).

“Esses números comprovam a grande retomada que o Paraná vem tendo na economia. É, sem dúvida, uma demonstração de força de um Estado que vem batendo recordes em sequência. No ano passado foram mais de 172 mil vagas abertas no ano passado, algo fantástico, o melhor saldo dos últimos 18 anos”, destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “O emprego é o maior projeto social que existe e o Paraná é o estado de gente que trabalha, essa vocação está em nosso DNA”.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *