Sport vence e Internacional perde chance de disparar na ponta

O Internacional perdeu a chance de abrir distância na liderança da Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (10), o Colorado teve interrompida uma invencibilidade de 12 jogos pela competição ao ser derrotado pelo Sport por 2 a 1, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 35ª rodada.

Os gaúchos seguem com 66 pontos, um a frente do Flamengo, que empatou por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino no último domingo (7), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). O tropeço também é celebrado por Atlético-MG e São Paulo (clubes que, matematicamente, também sonham com o título). O Rubro-Negro pernambucano foi a 41 pontos, na 14ª colocação, abrindo quatro pontos para a zona de rebaixamento, que é encabeçada pelo Vasco (17º), com 37 pontos.

O Cruzmaltino, aliás, é o próximo rival do Inter, no domingo (14), às 16h (horário de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro. O Sport, por sua vez, volta a campo na segunda-feira (15), às 20h, contra o Bragantino, na Ilha do Retiro, em Recife, na partida que encerra a 36ª rodada do Brasileiro.

Com dificuldades para entrar na área rubro-negra, fechada por uma linha de cinco defensores, o Inter exagerou na bola aérea e só levou a melhor em cabeçada do meia Caio Vidal, após cruzamento do lateral Uendel pela esquerda, rente à meta. O jogo parecia controlado pelo Colorado até Uendel ser expulso aos 25 minutos ao derrubar o atacante Marquinhos próximo à área. Para complicar a vida gaúcha, Marquinhos aproveitou um erro do volante Rodrigo Dourado e, de calcanhar, puxou contra-ataque com o volante Marcão, que driblou o zagueiro Lucas Ribeiro e abriu o marcador para o Leão aos 37 minutos.

O Inter respondeu três minutos depois, logo na primeira vez que entrou na área, com o meia Patrick balançando as redes na sobra de um bate-rebate. Nos acréscimos, Patric cruzou da direita, a zaga colorada parou entendendo que a bola tinha saído pela linha de fundo (o que não aconteceu) e o também lateral Junior Tavares aproveitou, dominando na pequena área e tocando para o atacante Dalberto recolocar o Sport em vantagem.

No segundo tempo, mesmo com um a mais, o Leão manteve a postura de aguardar os ataques do Inter. Aos 18 minutos, a trave evitou que Caio Vidal marcasse um golaço após jogada individual na entrada da área. Os pernambucanos também pararam no poste aos 30 minutos, em chute de fora da área do meia Thiago Neves. Sem inspiração, o Colorado continuou insistindo na bola aérea, mas consagrou Iago Maidana e Adryelson, dupla de zaga que liderou a muralha rubro-negra no Beira-Rio.

Fonte e foto: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *