Secretaria da Saúde solicita doações de sangue de qualquer tipo

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) está precisando de doações de sangue de qualquer tipo. Desde o início da pandemia da Covid-19, as doações têm diminuído e a demanda por sangue em todo o Estado continua. Nesta segunda-feira (11), todas as 22 unidades da Hemorrede estarão funcionando normalmente. O Hemepar é vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

“Precisamos do apoio da população para que aqueles que se enquadram nos critérios de doação realizem o agendamento e doem sangue. Mesmo com a pandemia, outras doenças continuam infectando os paranaenses, os traumas continuam acontecendo e muitas transfusões ainda são necessárias”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

O Hemepar é responsável pela coleta, armazenamento, processamento, transfusão e distribuição de sangue para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todas as regiões do Paraná. É uma entidade sem fins lucrativos e atende à demanda de fornecimento de sangue e hemoderivados do Estado graças às doações dos voluntários.

“Não há substituto para o sangue. Precisamos continuar salvando vidas. Este é o momento da população se conscientizar, incentivar amigos, familiares, toda doação pode salvar até quatro pessoas, isso é muito importante”, acrescentou Beto Preto.

PARA DOAR – Para doar é necessário ter entre 16 e 69 anos completos. Menores de idade somente com autorização e presença do responsável legal. Durante a pandemia, doadores acima de 59 anos completos deverão, preferencialmente, permanecer em suas residências.

O doador deve pesar no mínimo 51 quilos, estar descansado, alimentado e hidratado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação), apresentar documento oficial com foto (Carteira de Identidade, Carteira do Conselho Profissional, Carteira de Trabalho, Passaporte ou Carteira Nacional de Habilitação).

Pessoas imunizadas contra a Covid-19 podem fazer doações de sangue normalmente, desde que aguardem o período estipulado para cada tipo de vacina: Coranovac/Butantan necessita de prazo de 48 horas após o recebimento e AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson & Johnson pedem o intervalo de sete dias após a imunização.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *