Saúde mental é tema de conferência regional na Amsop

A 8ª Regional de Saúde realizou, nesta sexta-feira, 25/02, na Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop), a etapa regional em preparação para a quinta edição da conferência estadual sobre saúde mental. No encontro, que também foi transmitido de forma virtual pela Escola de Saúde Pública do Paraná, técnicos e delegados de saúde dos municípios da região abordaram as estratégias e a política nacional de saúde mental.

“Esta conferência é muito importante, para que nós formulemos as propostas da nossa região com relação ao cuidado e fortalecimento em saúde mental, que serão apresentadas na conferência estadual”, acrescentou a chefe da 8ª Regional de Saúde, Nádia Zanella.

De acordo com o presidente da Amsop e prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, esta conferência segue a diretriz que norteia a entidade no tocante à integração dos municípios na busca de soluções para problemas comuns.

“É uma conferência que reúne, para o debate de ideias, os prestadores de saúde, usuários de saúde e servidores públicos. Pois, a saúde mental é uma área que, nessa fase de retomada gradual pós-pandemia, terá um trabalho muito grande a ser desenvolvido”, declarou Cleber.

Ainda de acordo com Nádia, a rede de atendimento voltada para a saúde mental é composta pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), equipes multidisciplinares que atuam nas APAEs, e, também, através do acompanhamento pelo programa Estratégia de Saúde da Família (ESF).
“Voltar a atenção para a saúde mental, neste momento pós-pandemia, é extremamente necessário, após os inúmeros impactos que a covid-19 ocasionou na vida das pessoas. Estamos focados, ainda, no fortalecimento de ações de prevenção para crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos”, assinalou Nádia.

Com relação ao momento de procurar ajuda do sistema de saúde, a chefe da 8ª Regional ressaltou que devem ser considerados os contextos individual, familiar e social de cada indivíduo.
“Nem sempre as pessoas demonstram algum sintoma ou evidência. Por isso, a nossa atuação ocorre de maneira intersetorial, nas áreas de Educação, Direitos Humanos, Serviço Social, Cultura e Esporte”, encerrou Nádia Zanella.

Na mesa de honra, estiveram o presidente da Amsop e prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, a chefe da 8ª Regional de Saúde, Nádia Zanella, representante da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), Vanessa Leal, o coordenador da Associação Regional de Saúde do Sudoeste (ARSS), Márcio Galvani, presidente do Conselho Regional de Secretários Municipais de Saúde da 8ª Regional de Saúde, Leandro Legramanti, coordenadora regional de Saúde Mental da 8ª Regional de Saúde, Ana Letícia Pinto, presidente da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Quintino Girardi, conselheira municipal de Saúde de Francisco Beltrão, Edisea Folchini, e a conselheira municipal de Saúde de Realeza, Carmen Cerutti.

Fonte e foto: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *