Paraná chega a 11,59 milhões de habitantes

O Paraná alcançou, em 1º de julho de 2021, a marca de 11.597.484 habitantes, com um crescimento da população de 0,7% em relação ao ano passado. As informações são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que nesta sexta-feira (27 de agosto) divulgou as estimativas das populações residentes em todas as unidades da federação (UFs) e nos 5.570 municípios brasileiros.

Com quase 11,6 milhões de pessoas vivendo no Paraná, o estado se consolida como a quinta maior UF do país, atrás apenas de São Paulo (46.649.132), Minas Gerais (21.411.923), Rio de Janeiro (17.463.349) e Bahia (14.985.284) e logo à frente do Rio Grande do Sul, cuja população cresceu apenas 0,38% entre 2021 e 2020, chegando a 11.466.630 habitantes.

O crescimento da população paranaense, no entanto, ficou um pouco abaixo da média nacional. Em 1º de julho último, o país somava 213.317.639 habitantes, com aumento de 0,74% em relação ao ano anterior.

Proporcionalmente, as unidades federativas que mais cresceram no último ano foram: Roraima (+3,41%, chegando a 652.713); Amapá (+1,84%, com 877.613); e Amazonas (+1,48%, somando a 4.296.995).

Curiosamente, todos esses estados estão localizados na região Norte do país, que foi também a que mais cresceu no país, chegando a 18.906.962 habitantes (+1,26%). A Região Sul, por sua vez, cresceu 0,7%, chegando a 30.402.587, enquanto a região Nordeste avançou 0,51% (57.667.842); a Sudeste, 0,7% (89.632.912); e a Centro-Oeste, 1,23% (16.707.336).

Curitiba se aproxima da marca de 2 milhões de habitantes
Entre os municípios paranaenses, Curitiba, como seria de esperar, segue como o mais populoso, com 1.948.626 habitantes, um crescimento de 0,77% em relação ao ano passado, quando a população curitibana somava 1.948.626.

A capital paranaense é, ainda, a oitava maior cidade brasileira, atrás de São Paulo (12.325.232), Rio de Janeiro (6.747.815), Brasília (3.055.149), Salvador (2.886.698), Fortaleza (2.686.612), Belo Horizonte (2.521.564) e Manaus (2.219.580).

180 dos 399 municípios paranaenses ‘encolheram’ no último ano
Um dado curioso com relação ao Paraná é que, dos 399 municípios que compõem o estado, 180 – o equivalente a 45,11% do total – registraram queda na população, ou seja, viram diminuir o número de habitantes entre 2020 e 2021.

A queda mais acentuada, segundo o IBGE, verifica-se em Altamira do Paraná: -15,04%, passando de 1.682 habitantes em 1º de julho de 2020 para 1.429 no mesmo dia deste ano.

Outros municípios com quedas proporcionalmente expressivas foram Nova Cantu (de 5.061 para 4.827) e Nova Tebas (5.448 para 5.252), com -4,62% e -3,6%, respectivamente.

Por outro lado, as três cidades que mais cresceram foram Tunas do Paraná (9.022 para 9.269), Pontal do Paraná (de 27.915 para 28.529) e Mauá da Serra (de 10.800 para 10.994), com aumentos de, respectivamente, 2,74%, 2,2% e 1,8%.

Fonte: Portal Bem Paraná – Foto: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *