Municípios da Amsop manifestam intenção de compra de vacina contra Covid-19

Após reunião na sede da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop), na manhã desta quarta-feira, 17/03, o presidente da entidade e prefeito de Bom Sucesso do Sul, Nilson Feversani, comunicou a intenção de compra, pelos municípios da região, da vacina contra a covid-19, conforme o que dispõe a Lei Federal 14.124/2021.

De acordo com o presidente da Amsop, a aquisição dos imunizantes poderá ser feita através do Consórcio Paraná de Saúde, com o apoio da Associação Regional de Saúde do Sudoeste (ARSS) e Consórcio Intermunicipal de Saúde (Conims), instituições que já estão consolidadas e aptas para fazer esse tipo de operação.

“O Consórcio Paraná de Saúde está se organizando com essa intenção de compra, juntamente com o governo do Estado, e já entrou em contato com os fabricantes dessas vacinas. Todos os prefeitos da região têm interesse nessa compra”, afirmou Feversani. Ainda segundo o presidente da Amsop, o preço de cada dose da vacina varia entre 3,50 e 40 dólares, dependendo do fabricante.

Essa intenção de compra anunciada pela Amsop tem o caráter de garantir a vacinação da população do Sudoeste, e é uma reserva em caso de imperfeições no Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, que detém a preferência para a aquisição e distribuição das vacinas.

Como a aquisição dos imunizantes requer autorização do Legislativo de cada município, a Amsop irá elaborar um modelo de Projeto de Lei para que os prefeitos interessados encaminhem às respectivas Câmaras Municipais.

Sobre o decreto estadual 7.122/2021, que dispõe sobre medidas restritivas para o combate a covid-19 e foi prorrogado pelo governo do Estado até o dia 1º de abril, a Amsop fez uma consulta aos 42 municípios da região e a maioria optou por continuar adotando a normativa do Estado. Já alguns municípios pretendem fazer modificações quanto aos horários de funcionamento das atividades, e o município de Clevelândia, que atravessa um momento de extrema gravidade pela pandemia, optou por decretar um lockdown, medidas respaldadas pela Amsop.

Participaram da reunião, na sede da Amsop, o presidente da entidade e prefeito de Bom Sucesso do Sul, Nilson Feversani, presidente da Comissão de Saúde da Amsop e prefeito de Dois Vizinhos, Luís Carlos Turatto, presidente e o coordenador-geral da Associação Regional de Saúde do Sudoeste (ARSS), prefeito de Santo Antônio do Sudoeste, Ricardo Ortiña e Helton Pfeifer, respectivamente. O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Conims) e prefeito de Sulina, Paulo Horn, não pode estar presente na reunião, mas também corrobora a intenção de compra das vacinas e coloca o Conims como entidade de apoio no processo de aquisição dos imunizantes.

Fonte e foto: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *