Amsop protocola manifesto de lideranças do sudoeste sobre concessão de rodovias na ANTT

Sob o número 12021-105, a Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop) protocolou, nesta quarta-feira, 17/03, no sistema da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o “Manifesto público de lideranças do Sudoeste paranaense sobre a proposta de pedágios para o Estado do Paraná”.

O documento, assinado por 21 entidades representativas da região, reúne sugestões de adequação ao edital proposto pelo Ministério da Infraestrutura, e tem o objetivo de colaborar com a reunião técnica da ANTT sobre o Lote 6 – que abrange as rodovias do Sudoeste – nesta sexta-feira, 19.

Além desse Manifesto protocolado pela Amsop, as entidades, após videoconferência com o consultor em Infraestrutura e Logística da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), João Arthur Möhr, também prepararam um documento específico sobre tópicos que atingem diretamente a logística e vida social da região, como o pedido de estudo para novos traçados do contorno entre Francisco Beltrão e Marmeleiro, a inclusão do Acesso Sul à cidade de Realeza, contemplando também a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), e a inclusão do trecho entre Pato Branco e Palmas (trevo do Horizonte), no Lote 6, sem duplicação e tarifa de pedágio mais reduzida em relação as demais neste trajeto.

Esse documento deverá ser protocolado no sistema da ANTT, individualmente pelas entidades, nos próximos dias. A Amsop convida a população a também colaborar com o aperfeiçoamento do projeto de concessão das rodovias através do envio de sugestões à ANTT, até a próxima segunda-feira, 22.

Fonte e foto: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *