Jovem de Pinhal de São Bento perde quase R$ 11 mil em golpe

Os golpes pela internet continuam fazendo vítimas no Sudoeste do Paraná. Nessa terça-feira, 27, uma família de Pinhal de São Bento entrou em contato com o Jornalismo Ampére AM e Interativa FM para relatar sobre um golpe que o filho foi vítima durante esse mês de julho. Trata-se do golpe do nudes, quando fotos intimas são trocadas via redes sociais. O prejuízo foi de R$ 10.900. Mais uma vez tudo começou pelo Facebook e terminou no WhasApp.

Como acontece na maioria desse tipo de golpe, primeiro o rapaz recebeu um pedido de amizade de uma mulher menor de idade no Facebook, o qual foi aceito. Dias depois durante a conversa eles foram se conhecendo e em determinado momento ocorre a troca do contato telefônico para se falarem pelo WatsApp. A reportagem não teve acesso a todo o teor das conversas, mas a mãe do jovem conta que basicamente houve esse contato por essas duas redes sociais e na sequência a suposta mulher começa a enviar fotos intimas. A mãe suspeita que ele também tenha mandado fotos para ela.

Passado uns dias entra na história um suposto delegado. Ele se identifica como Rafael Ribas, que atua no Departamento Estadual da Crianças e do Adolescente. O tal delegado, que seria de Florianópolis/SC, diz que a família da tal menor de idade acionou a Polícia Civil e acusou o morador de Pinhal por alguns crimes. O delegado conta toda uma história e em um dos áudios ele fala que a garota foi internada em uma clínica. Nessa mesma mensagem ele comenta que a vítima pagou a fiança para o processo ser arquivado e que está ajudando o homem.

Na sequência ele ameaça que pode reabrir a investigação e diz que “não quero ver a Polícia Civil atrás do senhor”

O suposto policial também agradece pelo que tudo indica o aceite da vítima em ajudar nas despesas médicas da menor de idade, que estaria internada.

O jovem após depositar o dinheiro que chegou a quantia de quase R$ 11 mil decidiu contar a situação para a família. A mãe disse que ele comentou que não contou antes de depositar por medo de ser preso, pois o delegado ao longo das conversas sempre o ameaçava. Os pais do jovem decidiram registrar um boletim de ocorrência do caso.

EVITE GOLPE
A Polícia Civil dá dicas de como evitar cair nos golpes:
– Não compartilhe fotos íntimas pela internet;
– Evite e desconfie de solicitações de amizades de desconhecido nas redes sociais, quanto mais adicionar e conversar
– Não forneça dados como nome completo, CPF, RG, endereço, conta bancária e senha para estranhos em ligações telefônicas, mensagens SMS ou WhatsApp;
– Cuide com operações bancárias (depósitos ou transferências em dinheiro) para pessoas do círculo familiar ou de amigos, principalmente em solicitações pelo WhatsApp;
– Evite conversar com prefixos telefônicos desconhecidos;
– Se for vítima de algum golpe, procure a polícia e registre ocorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *