Drone já dá resultados na busca por criadouros do mosquito da dengue

Para combater o mosquito Aedes aegypti, as equipes da Secretaria de Saúde de Dois Vizinhos, em parceria com a vigilância em saúde e a UTFPR, iniciaram o trabalho com drones em locais de difícil acesso pelos agentes. O equipamento auxilia na verificação, principalmente, das calhas de escoamento das residências com entupimento, caixa d’água destampadas e piscinas em desuso. Os trabalhos começaram há cerca de um mês, e hoje, 27, o monitoramento acontece no Bairro das Torres.

O novo método adotado auxiliará também em casos que os agentes de endemias não conseguem adentrar na residência, seja por falta de moradores ou por negação dos proprietários. Além de possibilitar o levantamento dos possíveis focos do mosquito, por meio de filmagem aérea. “O objetivo era a gente fazer o reconhecimento dos locais onde não era possível o acesso pelos funcionários da vigilância.

Conseguimos identificar, nos três bairros que já visitamos, Vitória, Marcante e Colina, por onde passamos, vários possíveis focos. Já foram emitidas as notificações pelo pessoal que faz a visita in-loco e vamos refazer o voo com o drone para ver se as pessoas tomaram a atitude de limpar o terreno. Foi efetivo, já identificamos os diversos locais nessas primeiras visitas”, avaliou a professora Maria Madalena Santos, da UTFPR, que coordena o projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *