Covid: PR orienta aplicação da segunda dose de reforço em idosos acima de 60 anos

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) enviou nesta sexta-feira (1º) para as 22 Regionais um memorando recomendando a aplicação da segunda dose de reforço (ou quarta dose) contra a Covid-19 em idosos acima de 60 anos. A recomendação foi oficializada na Deliberação nº 68/2022 da Comissão Intergestores Bipartite do Paraná (CIB). Inicialmente, a dose extra era ofertada somente para pessoas acima de 80 anos.

O documento ressalta a prioridade para residentes e trabalhadores de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), desde que haja disponibilidade de doses, considerando que o Ministério da Saúde não enviou, até o momento, lotes exclusivos para esta finalidade.

A orientação é que a segunda dose de reforço seja aplicada com intervalo mínimo de quatro meses a partir do primeiro reforço (terceira dose), e que o imunizante utilizado seja da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer) ou vacina de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca).

Segundo os dados do Vacinômetro nacional, o Paraná já aplicou 23.422.239 vacinas contra a Covid-19, sendo 9.797.642 primeiras doses, 8.762.384 segundas doses, 331.436 doses únicas, 4.248.216 doses de reforço e 282.561 doses adicionais.

O sistema do Ministério da Saúde ainda não incluiu no Vacinômetro o número de vacinas aplicadas como segundas doses de reforço (ou quarta dose), mas, segundo um levantamento prévio da Secretaria, os municípios registraram cerca de 6,9 mil aplicações até agora.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *