Corpo do ex-prefeito Flávio Penso é cremado

A população de Ampére não poderá se despedir de Flávio Penso. Isso porquê o corpo do ex-prefeito não será velado em virtude da morte ser em decorrência de complicações do COVID-19. Flávio foi cremado na manhã desta segunda-feira, 7, em um crematório de Francisco Beltrão, e na parte da tarde haverá uma missa na igreja matriz de Ampére às 17h.

O ex-prefeito morreu na manhã deste domingo na Policlínica de Cascavel, oeste do Estado. O advogado internou no dia 21 de outubro e foi diagnosticado com o novo coronavírus. Desde então ele permaneceu internado e neste final de semana não resistiu.

Flavio foi prefeito de Ampére por três vezes: 1989 a 1992, 1997 a 2000 e 2009 a 2012. Neste ano ele foi candidato a prefeito e ficou em segundo lugar no pleito. Como político ele foi ainda vereador do município. Além disso, foi professor da rede pública estadual e atuava como advogado.

O ex-prefeito foi umas lideranças mais importantes do município. Na década de 90, na primeira gestão como prefeito, implementou uma política de incentivo à industrialização e Ampére se tornou polo industrial nas áreas de confecções e moveleira. Ele teve importante trabalho na implementação da comarca de Ampére, fato que foi consolidado em 2012.

O prefeito Zuca Luquini decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-prefeito. Várias pessoas publicaram neste domingo mensagem nas redes sociais lembrando sobre o papel que Flávio Penso teve na história Amperense.

Foto: Reprodução Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *