Após pedido de socorro de prefeito, ministro da Saúde confirma visita a Cascavel

O ministro da Saúde Eduardo Pazuello confirmou visita a Cascavel, no oeste do Paraná, nesta quinta-feira (4) para verificar de perto o colapso que o município paranaense vive na nova onda de Covid-19. O voo da Força Aérea Brasileira (FAB) com a comitiva deve chegar à cidade as 13h30, no Aeroporto de Cascavel.

O prefeito Leonaldo Paranhos fez o convite, na tarde desta terça (2), quando agradeceu ao Ministério da Saúde pelos 15 respiradores liberados e que já estão no Hospital de Retaguarda. “Estamos diante de uma realidade muito triste, os números não param de aumentar. Estamos recebendo muita gente da região. A situação é bem precária” afirma o prefeito.

Paranhos também solicitou mais 15 respiradores e uma cota extra de vacinas que já está em análise pelo Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde). “Acho que vamos conseguir justificar e ter uma cota extra de vacina.”.

O prefeito destacou que o momento é de dificuldade e a realidade é triste, mas que é preciso enfrentar o problema. Paranhos lembra que, no momento existem duas ações de enfrentamento à Covid-19, que são a disciplina individual e a vacina. “Como a chegada da vacina nós dependemos dos outros, vamos fazer aquilo que depende de nós: distanciamento e muita disciplina”, afirmou o prefeito.

Na tarde desta terça-feira (2), o prefeito Paranhos e o secretário Thiago Stefanello encaminharam ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Estado da Saúde um pedido de transferência imediata de pacientes com Covid-19 para outras cidades do Brasil. O documento cita na macrorregião existem 160 pacientes aguardando por leitos de UTI ou enfermaria para Covid-19.

Fonte: Portal Bem Paraná – Foto: Ministério da Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *