UFFS promove live para divulgar conceitos preliminares dos cursos de graduação

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) realizou, nesta quinta-feira (10), uma live para a divulgação dos resultados dos Conceitos Preliminares de Cursos (CPCs) relativos ao ano de 2019 dos cursos de graduação. A live foi transmitida pela página do Facebook UFFS Ao Vivo, onde pode ser conferida na íntegra.

Em 2019, 13 cursos de graduação da UFFS foram avaliados, entre eles Medicina Veterinária e Nutrição do Campus Realeza, ambos obtendo nota quatro, assim como outros nove cursos de graduação: Agronomia, Enfermagem e Engenharia Ambiental, do Campus Chapecó; Agronomia e Engenharia Ambiental, do Campus Cerro Largo; Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, do Campus Erechim; Agronomia e Engenharia de Alimentos, do Campus Laranjeiras do Sul. Os cursos de Medicina, do Campus Passo Fundo, e de Engenharia Ambiental, do Campus Erechim, obtiveram nota três.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o CPC é um indicador de qualidade que combina diferentes aspectos dos cursos de graduação, sendo constituído de oito componentes, agrupados em quatro dimensões que avaliam a qualidade dos cursos.

Para o reitor da UFFS, Marcelo Recktenvald, esse cenário coloca a instituição como uma das melhores Universidades do Sul do País, com 84,61% de cursos com conceito 4, numa escala de 1 a 5, sendo 5 o máximo.

Conforme a procuradora Educacional Institucional da UFFS, Cecília Ines Duz de Andrade, a divulgação do CPC acontece sempre no ano seguinte ao da realização do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE). “A base do Conceito Preliminar de Curso é o desempenho dos estudantes através do resultado da prova escrita do ENADE, aplicada anualmente de acordo com as áreas de avaliação do ciclo avaliativo trienal determinadas pela Portaria Normativa 840/MEC/2018; e também do Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), que mede o valor agregado pelo curso em comparação à nota do ENEM, ou seja, considera o desempenho do estudante no ENADE e suas características de desenvolvimento desde seu ingresso no curso de graduação avaliado e o quanto o ensino superior acrescenta ao conhecimento do estudante e outras questões”, explicou.

Fonte e foto: Assessoria UFFS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *