Três pacientes com Covid-19 são entubados em casa em Cascavel

Três pacientes com a Covid-19 precisaram ser entubados em casa para evitar que o caso se agravasse, no oeste do Paraná, na madrugada desta quarta-feira (3), segundo o Consórcio Intermunicipal Samu Oeste (Consamu).

De acordo com o diretor técnico do Samu Oeste, Rodrigo Nicácio, o entubamento em casa ocorre durante toda a pandemia, mas o total de três entubamentos em 12 horas foi acima do habitual.

“O normal é o paciente Covid ser entubado só na UPA ou hospital . Mas muitos casos graves estão acontecendo em casa, com pedido de socorro ao Samu e, quando as equipes chegam, tem se deparado com pacientes muito graves, que precisam do procedimento ali, para evitar o óbito domiciliar”, explicou.
Por falta de leitos de UTI há seis dias, o sistema de saúde também precisou entubar moradores na recepção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

De acordo com a Prefeitura de Cascavel, desde o início da pandemia, 15 pessoas com a Covid-19 morreram em casa. Os dois últimos óbitos foram confirmados no boletim de terça-feira (2), sendo uma mulher de 64 anos e um homem de 87 anos.

O diretor técnico do Samu disse que alguns pacientes graves morreram na própria residência nesse período caótico do sistema de saúde: “Mesmo com o socorro rápido das equipes, o paciente acabou evoluindo a óbito mesmo com esforços nas tentativas de reanimação.”

Os três casos de entubamento foram atendidos por equipes de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) móvel do Samu. Até as 11h40, a cidade não registrava nenhum paciente entubado em domicílio.

Diante do caos do sistema de saúde, o aposentado Gelson Ballastreli decidiu cuidar da esposa com Covid-19 em casa, em Cascavel. Segundo Gelson, ele preferiu comprar um cilindro de oxigênio e tratá-la em casa, com a ajuda de médicos, do que levá-la para o hospital.

A macrorregião oeste está com 98,7% de ocupação de leitos de UTI, sendo 20 hospitais 100% ocupados. Há apenas três leitos livres para atender os pacientes contaminados das 94 cidades da região.

Fonte: Portal G1 Oeste e Sudoeste – Foto: Reprodução RPC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *