Sudoeste recebe R$ 12,8 milhões em obras e equipamentos na área da segurança

Uma reunião de trabalho na sede da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (AMSOP), na tarde desta quarta-feira (12), em Francisco Beltrão, serviu para demonstrar a efetividade da Secretaria da Segurança Pública (Sesp) na gestão de obras e aquisições na região. A área foi contemplada com R$ 12,8 milhões em obras em andamento, entregues e em processo de licitação.

“A recepção foi positiva, apresentamos nosso trabalho, projetos e obras, os quais foram bem aceitos pelos municípios do Sudoeste. Recebemos algumas demandas e vamos verificar na Secretaria para incluir no planejamento de 2022 a busca soluções”, explicou o secretário da Segurança Publica do Paraná, Rômulo Marinho Soares.

O prefeito Cleber Fontana, de Francisco Beltrão, destacou que a segurança pública na região tem funcionado bem nos últimos anos. “Temos tido bons resultados, mas não podemos nos acomodar, então sempre buscamos trabalhar de forma integrada com as forças de segurança pública. Foi um privilégio receber o secretário e poder tratar sobre coisas boas para nossa região”, destacou.

A construção da Delegacia Cidadã de Francisco Beltrão padrão II, atualmente está em processo de homologação, é uma das melhorias. A previsão é que as obras iniciem no primeiro semestre deste ano. Dentre os projetos em andamento, também está a construção da Delegacia Cidadã de Santo Antônio do Sudoeste padrão I.

A região já conta com melhorias entregues, como a nova sede do 21° Batalhão de Polícia Militar, em Francisco Beltrão, finalizado no segundo semestre do ano passado. Também em 2021 foram entregues motos BMW para atuação no policiamento ostensivo da região.

A Secretaria tem focado em planejamento para agilizar as melhorias necessárias na região. Para isso, a pasta conta com o Núcleo de Engenharia e Arquitetura, setor responsável pelo acompanhamento e assessoramento de projetos de obras e de aquisições para as forças policiais.

Graças ao apoio do Governo do Estado, do governo federal e da Itaipu Binacional, as obras apontadas para a região saíram do papel e se tornaram realidade. “Das mais de 100 obras que tínhamos desde o início da gestão para tocar, já entregamos a maioria”, detalhou o secretário.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *