Secretário estadual, Beto Preto diz que PR não vai exigir receita para vacinar crianças contra Covid

O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, usou as redes sociais neste domingo (26) para confirmar que o Paraná não vai exigir receita médica para a vacinação de crianças contra a Covid-19, o que tem sido defendido pelo Ministério da Saúde, que pretende pedir a assinatura de um termo pelos responsáveis.

A postura do governo federal tem sido alvo de muitas críticas. Até uma consulta pública foi aberto pelo gestão Bolsonaro, apesar da autorização da Anvisa para vacinação da faixa etária entre 5 e 11 anos com o imunizante da Pfizer.

Apesar do alinhamento político entre Ratinho Junior e Bolsonaro, o secretário estadual de Saúde afirma que a orientação do governador “é de ampliarmos a vacinação para toda a população, de maneira segura”. Mas, Beto Preto não subiu o tom das críticas e ressaltou a necessidade de diálogo. “Continuaremos mantendo o diálogo e respeito até que essa medida seja revista pelo Governo Federal”, ponderou.

Na última semana, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, fez uma série de cobranças ao ministro Marcelo Queiroga e pediu para que o médico corrobore com posturas “ideológicas” no assunto de saúde pública. No último post, ele também adiantou que Londrina não deve exigir termo para assinatura ou receita médica na vacinas de crianças, o que deve começar ainda durante as férias escolares.

Fonte: Portal Tarobá News – Foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *