Rapaz de 17 anos é quase linchado no centro de Palmas por suspeita de estupro

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, com a instauração de inquérito policial presidido pelo delegado Rômulo Ventrela, que está respondendo pela Delegacia de Palmas. Segundo o delegado, um rapaz de 17 anos que estava indo para o seu trabalho foi abordado por familiares e amigos de uma menina que teria sido vítima de uma tentativa de estupro no município de Palmas. Conforme a polícia, o rapaz foi reconhecido por um familiar da vítima e passou a ser espancado pelos familiares que filmaram o espancamento.

De acordo com o delegado, não é possível afirmar que o jovem foi de fato o autor do estupro. “Consta que um rapaz chegou em uma residência para pedir água e, ao perceber que a menina que o atendeu estava sozinha, tentou abusar sexualmente da criança.” O estupro, no entanto, não chegou a ser consumado porque a criança, uma menina de 7 anos, reagiu e gritou por socorro, fazendo com que o agressor fugisse correndo.

A família passou a procurar o abusador e teria encontrado este jovem, com 17 anos, que estava utilizando roupas parecidas com a autor do crime. O rapaz foi agredido no Centro de Palmas e ficou bastante machucado, num quase “linchamento”.

A Polícia segue agora nas investigações e, conforme o delegado Rômulo Ventrela, as pessoas agiram de forma precipitada e irão responder por suas ações, sem falar na possibilidade de terem agido com violência contra um inocente. A mãe do rapaz agredido, dona Simone, disse que seu filho é inocente, “o que fizeram foi uma selvageria, meu filho é inocente e essas pessoas tem que pagar por isso na justiça”.

Fonte: Beto Rossati/Jornal de Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *