Preço da Cesta Básica diminui em Francisco Beltrão e Dois Vizinhos

O custo médio da cesta básica de alimentos em dezembro aumentou em 08 das 17 capitais que são alvo da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo DIEESE.

Em 2021, o valor da cesta básica aumentou nas 17 capitais. As altas mais expressivas, quando se compara dezembro de 2021 com o mesmo mês de 2020, foram registradas em Curitiba (16,30%), Natal (15,42%), Recife (13,42%), Florianópolis (12,02%) e Campo Grande (11,26%). As menores taxas acumuladas foram as de Brasília (5,03%), Aracaju (5,49%) e Goiânia (5,93%).

No Sudoeste do Paraná, a pesquisa do custo da cesta básica de alimentação é desenvolvida pelo GPEAD (Grupo de pesquisa em Economia, Agricultura e Desenvolvimento, afeto ao curso de Ciências Econômicas da Unioeste, campus de Francisco Beltrão) e instituições parceiras.

Em dezembro, o custo médio da cesta básica de alimentos diminuiu em Dois Vizinhos (-2,21%) e Francisco Beltrão (-0,63%). Contudo, em Pato Branco houve elevação de 1,94%.

Em valores nominais, o custo da cesta básica individual mais cara, para as localidades pesquisadas pelo GPEAD, foi a de Dois Vizinhos, R$ 533,19, seguida por Pato Branco, R$ 525,03 e, a de menor custo foi a de Francisco Beltrão, R$ 520,50.

Fonte e foto: Portal RBJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *