Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.
Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.

PM completa formatura história com 319 soldados que vão reforçar o Oeste e Sudoeste

Mais 319 novos soldados passam a reforçar a segurança das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná, após a formatura do Curso de Formação da Polícia Militar do Paraná, nesta sexta-feira (15), no Estádio Olímpico Regional Jacy Miguel Scanagatta, em Cascavel. O evento contou com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior e completa o ciclo de formaturas de 2.485 novos policiais em todo o Estado.

A previsão é que os 319 novos policiais do 5º Comando Regional da Polícia Militar do Paraná (CRPM) estejam nas ruas reforçando o policiamento do Estado a partir desta segunda-feira (18). Eles se juntam ao efetivo da PM e aos mais de 2,4 mil policiais que se formaram em Curitiba, Londrina e Maringá desde o início da semana.

“É um dia histórico. Este é o maior ingresso da Polícia Militar do Paraná”, afirmou Ratinho Junior. “E isso acontece em um momento de valorização da segurança pública do Estado. Estamos equipando a polícia com 800 novas viaturas e 25 mil pistolas, que vão ajudar a proteger a população do Paraná”.

Com o ingresso dos formandos na corporação, todos os municípios do Paraná passam a ter efetivo policial exclusivo. “Ao todo, são quase 2,5 mil novos policiais que estão sendo entregues à sociedade. Estamos reabrindo postos que tinham sido fechados e, com isso, atendendo os 399 municípios do Paraná”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Hudson Leôncio Teixeira.

PARTICIPAÇÃO FEMININA – Mais de 18% de todos formandos são mulheres. Em todo o Estado, são mais de 400 novas policiais, o que representa o maior ingresso de mulheres na polícia de uma só vez.

Para a soldado Cassiana Thais Pinto, que se formou nesta sexta-feira, o aumento da presença feminina na polícia é importante para que as cidadãs paranaenses se sintam representadas na corporação.

“Faz parte de um movimento de inclusão que vem acontecendo há algum tempo na Polícia Militar do Paraná. É importante porque as mulheres se sentem mais à vontade com o policiamento feminino em certas situações que a presença masculina pode inibi-las”, afirmou.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *