Request velocity rate limit (req/s) exceeded, please try again in a few seconds.
Request velocity rate limit (req/s) exceeded, please try again in a few seconds.

Paulo Litro solicita conclusão das obras de duplicação da BR 163

O deputado federal Paulo Litro (PSD) encaminhou no último dia 17 de fevereiro, o ofício 04/2023 ao Ministro dos Transportes, Renan Filho, solicitando informações quanto à retomada das obras da BR-163, no trecho de duplicação entre Cascavel a Capitão Leônidas Marques, na região oeste do Paraná.

De acordo com o deputado, quem utiliza o trecho percebe que as condições atuais da pista são ruins, cheias de buracos e mal sinalizadas, causando insatisfação na população local e perda de credibilidade do poder público. Informou também que são registrados acidentes com frequência na rodovia.

“A conclusão desta obra é fundamental para garantir mais segurança na rodovia e desenvolvimento para as regiões oeste e sudoeste do Paraná, tendo em vista o intenso tráfego de veículos, principalmente de caminhões para transporte de cargas e escoamento da produção agrícola”, destacou Paulo Litro.

A via faz a ligação entre o Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O projeto de duplicação de 74 km da BR-163, ligando Cascavel a Capitão Leônidas Marques, tinha previsão de conclusão para 2017. O contrato foi assinado em 2014, mas a obra foi iniciada somente 14 meses depois e, até o momento, apenas 44 km estão duplicados. Neste trecho foram aplicados R$ 52 milhões em sinalização vertical e horizontal e também na finalização dos acessos.

Informações do DNIT dão conta que o contrato com a empresa responsável pela duplicação da BR-163 entre Cascavel a Marmelândia, no município de Realeza, está rescindido. Em 2022 a empresa abandonou a obra com 84% da conclusão, depois de consumir mais de R$ 591 milhões.

“Já se passaram sete anos desde o início da obra e ela ainda não está concluída”, alertou o deputado.

Fonte e foto: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *