Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.
Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.

Pacto pela Governança da Água é assinado no Paraná

A adesão do Paraná ao Pacto pela Governança da Água foi oficializada na manhã desta segunda-feira (18), no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O documento teve a assinatura do governador Carlos Massa Ratinho Junior, do ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, do deputado estadual Wilmar Reichembach (PSD) e demais deputados e lideranças ligadas ao meio ambiente.

O Paraná é o primeiro estado da região Sul a aderir ao pacto. A parceria prevê o aprimoramento na gestão dos recursos hídricos, com foco na regulação dos serviços de saneamento no Estado e na segurança de barragens. Serão investidos R$ 5,41 milhões até o final de 2024 em uma série de ações, como a instalação de 132 novos pontos de monitoramento da qualidade da água, a construção de oito estações de monitoramento na bacia do rio Paranapanema e a integração da gestão de recursos hídricos entre o Estado e a União.

Para o deputado Reichembach, que tem como uma das prioridades de seu mandato a preocupação com a questão ambiental, a assinatura do pacto justo na semana em que se comemora o Dia da Árvore (21 de setembro) foi muito oportuna. “Quando falamos em sustentabilidade e preservação da vida em suas diversas formas temos a água como item central”, disse o parlamentar em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa do Paraná.

Proteção de nascentes

A campanha de proteção de mil nascentes num único dia, marcada para o dia 21 de setembro, além da meta do governo do estado de proteger 30mil nascentes até 2026, também mereceram destaque na fala de Reichembach durante seu discurso. “A questão ambiental recebe atenção especial do Governo do Estado, e o Paraná – que já é destaque como o estado mais sustentável do Brasil – vai se firmando nesse quesito. Um exemplo é o Plano Safra anunciado recentemente com foco na sustentabilidade. Devemos cuidar do meio ambiente, sobretudo da água, um patrimônio de valor inestimável”, finalizou Reichembach.

Fonte: Assessoria    Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *