Mulher de Santa Izabel do Oeste, presa na operação Cerco, pega mais de 11 anos de prisão

A Polícia Civil de Ampére cumpriu nesta quarta-feira, 5, mandado de prisão por condenação transitada em julgado contra uma mulher. A defesa dela não tem mais condições de apresentar recurso no processo e agora cumpre-se a determinação decidida em juízo. O fato ocorreu em Santa Izabel do Oeste e segundo a delegada Tais Melo, a feminina respondia em liberdade após ser presa na operação Cerco, realizada em setembro de 2019 em cidades da região sudoeste.

A equipe policial esteve no endereço onde a acusada residia, no bairro Colina, em Santa Izabel e realizou a prisão. Como ela estava acompanhada dos três filhos foi solicitada a presença do Conselho Tutelar e também de representantes da Secretaria de Assistência Social daquele município. as crianças foram encaminhadas para a casa de uma tia.

Conforme a investigação, que deflagrou a operação em 2019, a mulher tinha participação em um esquema de tráfico de drogas. A detida foi encaminhada até cadeia pública de Francisco Beltrão para cumprir a pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *