Moradores denunciam rituais em cemitério do interior

Algo diferente foi encontrado no cemitério da comunidade do Planaltinho, em Ampére. Na manhã deste sábado, 6, moradores se depararam com rituais de magia negra e ficaram assustados. O “trabalho” foi feito na cruz principal do local religioso e pela informação foi feito ao longo da última noite. Essa foi a primeira vez que foram encontrados produtos para esse fim no cemitério da localidade rural.

Uma das pessoas que conversou com a nossa reportagem estava indignada com a situação. “Cemitério é um lugar sagrado. Não é lugar para fazer esse tipo de ritual.” Para fazer o ritual foram usados velas na cor amarela, copos com bebidas, vários doces como rapadura e balas, além de bolos.

Pela legislação brasileira, não existe proibição para realizar ritual, desde que não prejudique ninguém ou em lugares inadequados. Os moradores da comunidade pedem que as pessoas evitem tais atitudes. O cemitério e a igreja da comunidade ficam no lado de Ampére. O local faz limite com Francisco Beltrão, Pinhal de São Bento e Manfrinópolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *