Morador de Ampére inventa história sobre cepa indiana da Covid

Em meio a alta no número de casos ativos de Covid-19 em Ampére, quase 450, a Secretaria Municipal de Saúde enfrentou uma situação lamentável nesta semana. Um homem criou uma história de que poderia estar contaminado com a cepa indiana da doença após ter realizado uma viagem para São Paulo. O fato chegou ao conhecimento das autoridades locais na segunda-feira, 14, quando foi feita coleta de exame para verificar a existência do coronavírus no paciente. O prefeito Zuca Luquini disse que isso gerou muita preocupação e que todas as providências foram tomadas para apurar a situação.

No dia seguinte, na terça-feira, o caso foi levado ao conhecimento da 8ª Regional de Saúde, com sede em Francisco Beltrão, com objetivo de ser verificado o protocolo a ser seguido com a pessoa. Porém, horas depois, a Secretaria de Saúde recebeu a informação de familiares do homem que o caso era falso.

Assim que soube que o situação não era verdadeira, o prefeito determinou que o caso fosse encaminhado para a Polícia Civil. A delegada Tais Melo informou a reportagem que será instaurado um inquérito e a pessoa envolvida terá que prestar esclarecimentos.

A secretária de saúde Elza Cargnin disse em entrevista ao Jornalismo Ampére AM que jamais imaginaria enfrentar isso nessa pandemia. Segundo ela, até chegam informações distorcidas por meio de denúncias, mas nenhuma desse nível. “A gente fica triste por ter passado por isso. Demandamos trabalho com esse fato e depois descobrimos que era falso. É inacreditável ter pessoas assim, que em meio ao caos que estamos vivendo, criar uma história completamente falsa e que gerou muita preocupação. Agora todas as informações foram passadas para autoridade policial para que as providências sejam tomadas contra a pessoa.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *