Milho e feijão safrinha vem sofrendo com a falta de chuvas

O maior volume de chuva deste ano na região sudoeste aconteceu no mês de janeiro, depois as precipitações aconteceram bem abaixo da média. Enquanto alguns municípios tiveram pouca precipitação de chuva outros não tiveram ao menos a previsão de chuva.

Nesse longo período de estiagem o que vem sofrendo bastante é o milho e o feijão safrinha. O milho com área plantada de 98 mil hectares e o feijão com 37 mil hectares.

Ricardo Kaspreski, engenheiro agrônomo do Departamento de Economia Rural – DERAL/SEAB, Núcleo Regional de Francisco Beltrão – Dois Vizinhos, que atende 27 municípios da região, disse à equipe de Jornalismo que além da falta de chuva o atraso no plantio está fazendo as culturas safrinhas sofrerem ainda mais.

Fonte e foto: Portal RBJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *