Junho foi melhor mês na vacinação contra Covid-19 no Paraná

O Paraná concluiu o mês de junho com a maior quantidade de vacinas contra Covid-19 aplicadas desde o início da campanha. Nos trinta dias do mês, foram 1.796.658 aplicações. O número é 22,2% superior a abril, que aplicou 1.470.237 doses e detinha o recorde até então. Em janeiro, mês de início da imunização, foram 154.938 aplicações. Na sequência, foram 259.785 doses em fevereiro, 996.705 em março e 1.058.448 em maio.

Esse fluxo foi impulsionado pelas entregas de junho, que também registrou o maior número de vacinas recebidas pelo Ministério da Saúde: 2.184.220 doses. Foi o único mês que ultrapassou a marca de 2 milhões de doses.

Em janeiro, o Paraná recebeu 391.700 imunizantes; em fevereiro, 314.500; em março, 1.547.100; em abril 1.139.100; e em maio, 1.902.790 – melhor número até então. Julho já contabiliza 84.240, da leva desta quinta-feira.

Com o avanço, o Paraná já vacinou metade da população acima de 18 anos. A meta estabelecida pela Secretaria estadual de Saúde é de aplicar a primeira dose ou dose única em 80% da população-alvo até agosto, e 100% até setembro. Até esta sexta (2), o Paraná aplicou um total de 5.768.041 imunizantes. Foram 4.391.838 primeiras doses, 1.332.367 segundas doses e 43.836 doses únicas.

“O quantitativo de doses recebidas tem aumentado e isso vai nos facilitar na tarefa de vacinar a população toda. Com vacinas à disposição, temos condições de vacinar mais paranaenses e fazer com que a circulação do vírus, o número de casos e a ocupação dos leitos hospitalares possam realmente diminuir”, afirmou Beto Preto, secretário da pasta.

Os dados são do Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), painel que atualiza em tempo real os dados fornecidos pelos municípios através da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *