Inovação: mais de 50% das startups do Paraná foram criadas a partir de 2019

A inovação cresce por todo o Paraná. É o que comprova o Mapeamento das Startups Paranaenses 2022, realizado pelo Sebrae-PR e divulgado neste início de março. O Estado tem 522 startups a mais que no último levantamento, totalizando 1.956 empresas inovadoras em atividade em 108 municípios. Esta é a oitava edição do mapeamento feito em novembro de 2021 e divulgado neste mês de março.

Nesta edição chama a atenção o crescimento de 36,4% na comparação com a edição anterior, quando o número de startups atingiu 1.434. Para a atualização deste ano, foram excluídas 295 que não estavam mais em atividade. Somando 817 novas startups que responderam o questionário às 1.139 ativas, chegou-se ao total de 1.956 startups no Paraná. No estudo realizado em 2019, eram 1.032 empresas inovadoras.

Além das 189 que efetivamente nasceram em 2021, outras 788 começaram suas trajetórias em 2019 e 2020. Juntas, a fatia das startups com menos de três anos corresponde a 50,7% (977) do total. Mesmo com pouco tempo de mercado, o estudo aponta que elas buscam a formalização de seus negócios: 70% do total (1.378) estão formalizadas e possuem CNPJ.

Em um ano marcado pela pandemia e, por consequência, por novos desafios e incertezas, o coordenador de startups do Sebrae-PR, Rafael Tortato, destaca que o aumento nas startups no Estado como um todo representa uma fase de oportunidades e consolidação do Paraná no cenário de inovação. “O que tem contribuído para esse cenário inovador é o fomento pelos diversos atores do ecossistema, sejam as universidades, habitats de inovação, sejam as diversas iniciativas que motivam para que este número cresça e aumente também a qualidade dos projetos inovadores”, diz.

O trabalho conjunto entre poder público, iniciativa privada, universidades, terceiro setor, entidades e serviços autônomos, como o Sebrae, é fundamental para criar pontes com a sociedade e manter fortalecido o ecossistema de inovação.

Tortato lembra que o Paraná tem três unicórnios (startups que conseguem atingir a marca de US$ 1 bilhão em avaliação de mercado) que inspiram as novas startups (qualquer empresa de base tecnológica e que consegue crescer seu negócio de maneira escalável). “A expectativa é que aumente o número de iniciativas ainda mais e quem sabe surjam outros unicórnios paranaenses, pois isso mostra que a economia do Estado traz negócios inovadores que completem atividades tradicionais que impulsionam o Paraná como um dos Estados de mais força no País”, frisa.

“O Paraná é um verdadeiro celeiro de grandes ideias. Criamos um ambiente de inovação diferente, com apoio de bolsas de estudo e de parques tecnológicos, além de uma grande rede de universidades públicas e particulares. Todas as profissões atualmente falam e pensam em inovação, é um modo de vida. Queremos que o Governo do Estado seja parceiro e facilitador desse ecossistema”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *