Galos de Rinha: Vereadores arquivam CEI e não vão investigar prefeito

Após uma longa sessão de votação na noite desta terça-feira (16), a Câmara de Vereadores de Boa Vista da Aparecida arquivou os dois processos com pedido de abertura de uma CEI (Comissão Especial de Investigação) contra o prefeito Leonir dos Santos, de Boa Vista da Aparecida.

As denúncias envolvem o uso do veículo Jetta do município para transportar seis galos de rinha. O flagrante foi mês passado, no Rio Grande do Sul.

A votação foi secreta, e os votos foram colocados em uma urna. O resultado foi de quatro votos contrários ao andamento do processo, e outros quatro favoráveis.

O desempate ficou a cargo do presidente, Renato Chernhak. Como o voto foi secreto, os parlamentares manifestaram os votos no discurso. “Vamos cassar um prefeito a menos de 120 dias de uma votação democrática, que o povo decidiu? E isso não quer dizer que ele não vai ser condenado. Isso vai seguir no MP, a mesma denúncia feira aqui foi levada ao MP. Veremos novo capítulos. Nós vereadores temos que entender que improbidade, crime de trânsito, ambiental, não compete a nós vereadores”, afirmou o presidente da Casa.

Os votos foram os seguintes:
Laercio Gonçalves Tigrão (MDB) – Favor de investigar
Neninho Ramos (MDB) – Favor de investigar
Paulo Nogueira (MDB) – Favor de investigar
Baixinho da Progresso (MDB) – Favor de investigar
Dilo Manzani (PSD) – Contra investigar
Cesar de Bona (PSD) – Contra investigar
Sandro Zucco (PSD) – Contra investigar
Gilvair Alves (PDT) – Contra investigar

De acordo com o regimento da casa, a continuidade do processo também dependeria da maioria simples. Após a conclusão da CEI, será feita a apuração dos fatos com oitivas e ampla defesa. Depois disso, é necessária a maioria qualificada caso o entendimento seja pela punição. No caso, como são nove vereadores, seriam necessários pelo menos seis votos.

O presidente da Câmara, Renato Chernhak, usou a tribuna para afirmar que as questões ambientais devem ser julgadas pelos órgãos

RELEMBRE O CASO
O prefeito de Boa Vista da Aparecida foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) por transportar seis galos de rinha em um veículo Jetta oficial, de propriedade do município. A ação ocorreu na BR 386, em Sarandi-RS, na tarde de segunda-feira (15).

Durante fiscalização da Operação Carnaval, policiais interceptaram o veículo que realizou uma ultrapassagem em local proibido.

O carro, que pertence ao município de Boa Vista da Aparecida, estava com o licenciamento atrasado. No porta-malas do veículo foram encontrados os seis galos de rinha em condições de maus-tratos.

O prefeito foi conduzido à Polícia Civil de Sarandi – RS para registro da ocorrência. O veículo foi recolhido a depósito e os galos encaminhados para o Hospital Veterinário da Universidade de Passo Fundo – RS.

Fonte: Portal CATVE – Foto: PRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *