Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.
Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.

Fomento Paraná traz Caravana de Crédito para o Sudoeste

A Fomento Paraná deu início a uma nova edição da Caravana de Crédito. Desta vez o objetivo é levar o programa Paraná Recupera a municípios que decretaram estado de emergência por causa das recentes chuvas e outros eventos que provocaram estragos em estruturas públicas e estabelecimentos comerciais ou de serviços. O movimento começou pelo Oeste, na terça-feira (30), em Capitão Leônidas Marques, e na quarta (31) o atendimento foi em Capanema e Planalto, no Sudoeste. Quedas do Iguaçu, no Centro-Sul, e São Jorge D’Oeste receberam nesta quinta (1º).

O Paraná Recupera foi autorizado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior com base na lei estadual 20.164/2020. “O sentido desta ação é divulgar e orientar os empresários pela excelente oportunidade que estamos oferecendo a essas cidades, aos empreendedores que tiveram algum prejuízo em decorrência da chuva do final do ano passado”, afirma o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves. “São condições excepcionais de juros, que permitem uma parcela baixa de amortização, além de carência, como forma de fortalecer o caixa desses empresários.”

Com esse programa a instituição proporciona acesso a capital de giro com juros subsidiados para empreendedores informais, MEIS e empresas de micro e pequeno porte. O crédito é destinado a ajudar as empresas a retomar mais rapidamente as atividades comerciais, seja consertando estruturas, repondo estoques ou pagando salários e outras necessidades para manutenção de negócios.

Desde janeiro do ano passado, quando o programa foi retomado, a instituição atendeu 2.150 empreendimentos e liberou R$ 89 milhões em crédito. Outros 750 projetos estão em análise. “Esta é uma ação importante do Governo do Estado, por meio da Fomento Paraná, porque representa uma oportunidade que o empreendedor não encontra no mercado para tomar crédito em condições acessíveis para garantir a manutenção de seus negócios”, afirma Vinícius Rocha, diretor de Mercado da Fomento Paraná.

A taxa de juros da linha Paraná Recupera é fixa em 7,17% ao ano (0,58% ao mês) e o valor pode ser parcelado em até 36 vezes para operações de microcrédito ou até 60 vezes em operações maiores, limitadas em R$ 500 mil. Em ambos os casos o prazo inclui um período de carência para começar a pagar.

Os municípios que decretaram situação de emergência e tiveram os decretos homologados pela Defesa Civil do Estado devem solicitar à Fomento Paraná a adesão ao programa. O acesso ao crédito se dá por meio do atendimento de agentes de crédito locais, nas salas do empreendedor ou agências do trabalhador, e correspondentes que estão habilitados a orientar as pessoas e encaminhar os pedidos.

O próprio município afetado, quando possui algum contrato de financiamento de obras com a Fomento Paraná, também pode pedir moratória dos pagamentos ou mesmo crédito novo, se necessário, para recompor estruturas públicas e outros projetos de interesse da cidade, também em condições facilitadas de juros.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *