Fisioterapeuta é condenado a nove anos pelo crime de estupro de vulnerável em Francisco Beltrão

Foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado o fisioterapeuta acusado de sedar e abusar sexualmente de uma paciente em Francisco Beltrão.

O crime teria acontecido em 2020. A prisão do homem foi na casa dele no dia 7 de novembro de 2020. Na época o profissional tinha 41 anos de idade e de acordo com a polícia, ele deu tranquilizante para a vítima antes de estuprá-la.

Outras mulheres teriam procurado a polícia para denunciar o profissional da saúde que pode voltar para o banco dos réus. Esta condenação se refere a primeira vítima que teria procurado a justiça para fazer a denúncia. Existe ainda uma vítima que seria menor de idade na época do crime.

O homem já estava preso na penitenciária de Francisco Beltrão desde o ano passado e vai seguir em regime fechado. A defesa foi procurada pela nossa reportagem e não quis se manifestar a pedido do cliente.

O caso segue em segredo de justiça. Nossa reportagem conseguiu informações de que o acusado recorreu da sentença e a acusação também teria recorrido entendendo que a pena teria sido branda em relação ao crime cometido.

Fonte e foto: Portal RBJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *