Entidades promovem seminário sobre pragas nas lavouras de milho

Acontece nesta sexta-feira, 30, um seminário na área de agricultura para debater os problemas que veem ocorrendo nas lavouras de milho na região. A cigarrinha é uma das pragas mais constatadas nas plantações. O evento será na sede da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (AMSOP), com restrição no número de participantes. Porém, será realizada transmissão ao vivo pelo YouTube a partir das 9h.

O Secretário geral da entidade, José Krestiniuk, conversou com o Jornalismo da Ampére AM para convidar os produtores a assistirem o encontro.

O seminário, intitulado “o complexo de enfezamento na cultura do milho”, contará com a participação remota do secretário de Agricultura e Abastecimento do Paraná, Norberto Ortigara, e presencial e remota de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), que irão abordar temas como a dinâmica da cigarrinha do milho, práticas de manejo para combater a praga e ações em desenvolvimento no Paraná.

A iniciativa para a realização do seminário surgiu através da Associação das Câmaras Municipais do Sudoeste do Paraná (Acamsop) e Amsop, e, também, de uma reunião do presidente da Comissão de Agricultura e Meio Ambiente da Amsop e prefeito de Vitorino, Marciano Vottri, com chefes dos núcleos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab) de Francisco Beltrão, Pato Branco e Dois Vizinhos.

A participação presencial será restrita a prefeitos, secretários municipais de Agricultura/Meio Ambiente e presidentes de Câmaras de Vereadores. Já, em razão das restrições sanitárias impostas pela pandemia da covid-19, agricultores, acadêmicos, pesquisadores e setores econômicos diretamente envolvidos com a produção de grãos são convidados a acompanhar a transmissão virtual, através do link https://youtu.be/i4wpFmzGa-I.

O seminário é uma realização da Amsop, Acamsop, Associação dos Secretários Municipais da Agricultura (Assema), Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Com assessoria – Foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *