Em dois meses de campanha, 629,6 mil vacinas foram aplicadas nos finais de semana

Desde o início da campanha estadual De Domingo a Domingo, em 26 de março, os municípios do Paraná aplicaram 629.633 doses de vacinas contra a Covid-19 aos finais de semana. O número representa quase 18% das 3.502.262 doses aplicadas no Paraná até a manhã desta quarta-feira (26), segundo o Ministério da Saúde.

O objetivo da campanha é atingir o maior número de pessoas dentro de cada grupo prioritário. “Seguindo a orientação do governador Ratinho Junior, as equipes de saúde municipais têm realizado ações aos sábados e domingos ao longo desses dois meses buscando vacinar cada vez mais pessoas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

O Paraná foi um dos primeiros estados a expandir a vacinação para os finais de semana. Além disso, o Estado também lançou a campanha Corujão da Vacinação, que incentiva os municípios a vacinarem em horários alternativos, até a meia-noite, para atender os trabalhadores.

“Todas as iniciativas que proporcionem um maior alcance da vacinação são bem-vindas. Essas mais de 629 mil vacinas aplicadas aos finais de semana talvez não tivessem sido administradas com tanta velocidade sem essa campanha. Contamos com a colaboração de todos os municípios para que possamos vacinar cada vez mais paranaenses”, acrescentou Beto Preto.

No último final de semana, 57 municípios de 20 Regionais de Saúde vacinaram entre sábado (22) e domingo (23), somando 17.006 doses entre primeiras e segundas aplicações (D1 e D2).

DADOS – O Paraná recebeu até o momento 2.566.950 doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz, 2.550.400 doses da vacina CoronaVac/Butantan e 140.400 doses da Pfizer/BioNTech.

Segundo o Vacinômetro do governo federal, dentre as mais de 3,5 milhões de doses aplicadas, 2.064.645 foram em mulheres e 1.437.611 em homens. O imunizante mais utilizado até o momento é a vacina Coronavac/Butantan com 2.203.968 doses, seguida da AstraZeneca/Fiocruz, com 1.183.287, e Pfizer/BioNTech, com 75.341 doses.

O município que mais vacinou foi Curitiba, com 650.400 doses, seguido por Londrina (207.314) e Maringá (205.182). A faixa etária com mais doses aplicadas tem de 65 a 69 anos, representando 658.500 – sendo 441.513 D1 e 216.987 D2. O grupo prioritário que representa o maior número de vacinas recebidas até agora são pessoas de 65 a 69 anos, com 623.798 doses, sendo 415.020 D1 e 208.778 D2.

Os dados representam os registros realizados na base do Programa Nacional de Imunizações (PNI). A plataforma registra ainda um quantitativo de mais de 63 mil doses que ainda não foram inseridas no sistema nacional, mas constam no sistema estadual. A notificação das aplicações é de responsabilidade dos municípios.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *