Defesa Civil municipal faz levantamento das perdas da agricultura de Ampére

A estiagem que assola o sudoeste paranaense desde novembro de 2021 com mais intensidade já causou um prejuízo de R$ 86 milhões apenas para o setor de agricultura e pecuária de Ampére. Em virtude da forte crise hídrica, que segue nesse começo de 2022, a prefeitura de Ampére emitiu decreto de situação de emergência. No documento consta que a média de chuva para novembro passado, por exemplo, seria de 340mm, mas choveu apenas 50mm.

O coordenador da Defesa Civil local, Airton Pinto, concedeu entrevista ao Jornalismo Ampére AM e Interativa FM, disse que toda a documentação já foi encaminhada para os Governos Estadual e Federal.

PERDAS:
Milho: R$ 2.6 milhões
Soja: R$ 57.4 milhões
Silagem: R$ 20.8 milhões
Leite: R$ 5.6 milhões
Feijão: R$ 113 mil
Hortaliças: R$ 21 mil
Gado de corte: R$ 147 mil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *