Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.
Your API key has been restricted. You may upgrade your key at https://www.weatherbit.io.

Capacitação em monitoramento eletrônico agiliza trabalho da Polícia Penal no Sudoeste

Policiais penais, monitores de ressocialização e residentes técnicos da região Sudoeste do Paraná participaram de uma capacitação em Monitoração Eletrônica em Francisco Beltrão para procedimentos determinados judicialmente, como instalação e retirada de tornozeleiras eletrônicas. O objetivo é agilizar o cumprimento de determinações judiciais da região Sudoeste.

Ao todo, 30 servidores das cadeias públicas de Capanema, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Palmas, Pato Branco e Santo Antônio do Sudoeste e do Complexo Social de Francisco Beltrão estavam presentes e as aulas, que ocorreram na última semana, ficaram a cargo do policial penal Antônio Carlos Cappelletti Campos, responsável pela Divisão de Monitoração Eletrônica (DME) da região.

Atualmente, as pessoas privadas de liberdade (PPL) da região que têm o benefício do uso da tornozeleira precisam se deslocar até o Posto Avançado de Monitoração (PAM), que fica anexo à Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, para fazer atendimentos referentes ao benefício.

Com a capacitação, os próprios servidores das cadeias públicas poderão realizar as ações de instalação e retirada da tornozeleira, evitando deslocamentos tanto por parte dos policiais penais em escoltas dos presos que vão realizar a instalação do equipamento pela primeira vez, quanto dos detentos de outras cidades que precisam fazer a remoção.

“Somente na Regional Francisco Beltrão são aproximadamente mil pessoas com o benefício do uso da tornozeleira. Capacitar esses profissionais para desempenharem a função de retirada e instalação dos equipamentos traz agilidade para a Polícia Penal e economia para o Estado”, disse o coordenador regional de Francisco Beltrão, Marcos Andrade.

A fiscalização das tornozeleiras, o controle dos procedimentos nas cadeias públicas e os atendimentos de inspeção continuarão sob responsabilidade do Posto Avançado de Monitoração, que realiza atendimentos com agendamento prévio pelo telefone 0800 643 5513.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

slot gacor slot gacor situs toto situs toto situs toto slot gacor slot gacor bento4d toto slot slot gacor situs toto situs togel cabe4d slot gacor slot gacor