Bonetti retira pré-candidatura a deputado federal

“Há praticamente 40 anos venho me dedicando à vida pública, seja em disputas e eleições a cargos políticos, como prefeito e vice-prefeito, seja atuando em cargos de confiança de âmbito municipal e estadual, inclusive como secretário estadual do Meio Ambiente do Estado do Paraná, atendendo a convites de tantas pessoas e gestores que confiaram e confiam no meu conhecimento e capacidade de trabalho”, assim começa a nota assinada por Antônio Carlos Bonetti, titular da pasta de Administração na Prefeiutra de Francisco Beltrão.

Logo cedo, ontem pela manhã, a nota foi distribuída em redes sociais, ao PP e grupo de amigos. Duas coisas importantes: a retirada da sua pré-candidatura a deputado federal, que havia sido chancelada pelo PP desde o ano passado, e o motivo pessoal dessa decisão, questões relativas a sua saúde.

“Em razão de motivos pessoais, principalmente relacionados a minha saúde, bem como, por também entender que posso continuar contribuindo para o desenvolvimento local e regional de outras formas, informo aos companheiros, apoiadores, amigos e familiares que não irei disputar as eleições deste ano na busca por uma vaga de deputado federal, agradecendo grandemente a todos aqueles que estiveram a meu lado nestes meses de trabalho, apoiando e incentivando a minha candidatura”, assinalou Bonetti — que tem na biografia as funções de prefeito de Eneas Marques, vice-prefeito de Francisco Beltrão, secretário estadual do Meio Ambiente (gestão Cida Borghetti) e diversas vezes secretário municipal em Beltrão. O PP, presidido pela ex-vereadora Elenir Maciel, prometeu debater e apresentar em breve num novo nome para se colocar como pré-candidato a deputado federal.

“Com a decisão tomada e anunciada pelo então pré-candidato do partido ao cargo de deputado federal, Antonio Carlos Bonetti, a qual foi inteiramente respeitada e apoiada por todos, desejando os mais sinceros votos de força e sorte ao companheiro político”, destacou a nota.

Em seguida: “a partir de agora vamos buscar novas possibilidades e articulações, observando com cautela as movimentações dos próximos dias, para que se possa apresentar um novo nome, o mais breve possível, para que nosso município e todo o Sudoeste tenham novamente um representante a nível nacional, buscando recursos, lutando por nossas causas e melhorando a vida das pessoas, essência histórica de trabalho e resultados do Progressistas”.

Depois de Meurer, uma lacuna
Nelson Meurer foi deputado federal de 1995 a 2018, seis mandatos de forma ininterrupta. Em 2018 ele se aposentou das disputas políticas (e faleceu em 2020, por covid). Seu icônico número, o 1111, foi herdado por Osmar Serraglio, que havia trocado o PMDB pelo PP. Ficou suplente, mas assumiu recentemente, depois da cassação do deputado Emerson Petriv Boca Aberta (Pros). Bonetti havia sido convidado por Ricardo Barros, a fim do Sudoeste ter novamente um nome do PP na nominata para deputado.

Fonte e foto: Jornal de Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *