67% das mortes de grávidas no Paraná foram causadas pela Covid em 2021

A Covid-19 foi a causa da morte de 67% das grávidas que perderam a vida no Paraná, desde janeiro até a segunda semana de junho de 2021, conforme a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Segundo os dados, das 79 grávidas que morreram, 53 delas foram vítimas da Covid-19. Em 2020, a doença causou a morte de 21% das gestantes do estado.

Antes da pandemia, grande parte das mortes era causada por infecções e eclampsia, que são convulsões que ocorrem durante a gravidez ou logo depois do parto. De acordo com o Ministério da Saúde, até maio deste ano, o número de grávidas que morreram por causa da doença no Brasil já era 70% maior do que o registrado em 2020.

Dados nacionais mostram que a taxa de mortalidade entre as grávidas que se contaminam com a Covid chega a 7,2%, o que representa mais que o dobro da taxa do público geral, que é de 2,8%. Segundo especialistas, a doença pode ser mais grave entre a 32º e a 33ª semanas de gravidez.

“As alterações fisiológicas no final da gravidez deixam as mulheres mais sensíveis durante a infecção, a ter uma evolução não muito favorável. Por isso, passamos por um momento do aumento da interrupção precoce da gestação, além de muitas dessas gestantes também acabarem dentro de Unidade de Terapia Intensiva Covid, intubadas em seu pós-parto imediato”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Fonte e foto: Portal G1 Oeste e Sudoeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *