UTFPR trabalha para abrir a primeira turma de Agronomia neste ano

A Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR) está empenhada na abertura do curso de Agronomia no campus de Francisco Beltrão. Ontem, ao participar da solenidade de posse do novo diretor do campus para o período 2021-2024, Hernan Vielmo, o reitor da UTFPR, Marcos Flávio de Oliveira Schiefler, falou ao JdeB sobre a nova graduação. A cerimônia de posse contou com as presenças do prefeito Cleber Fontana (PSDB), vice-prefeito Antonio Pedron (PSD), presidente da Câmara de Vereadores, Quintino Girardi, dos deputados Luciana Rafagnin (PT) e Wilmar Reichembach (PSC), além de professores e servidores e demais autoridades. Hernan sucede, no cargo, a Alexandre Alfaro, que comandou o campus nos últimos oito anos.

Novos professores
O reitor Marcos Flavio deu posse oficial a dois novos professores, Moacir Tuzzin de Moraes, oriundo de Miraguaí (RS), e Ronan Carlos Colombo, de Marília (SP). Os dois são engenheiros agrônomos e foram designados para o curso de Agronomia, que está em vias de abertura da primeira turma, mas já estão lecionando no curso de Engenharia Ambiental.O reitor também prestigiou, quinta-feira, 1º de julho, as solenidades de posses dos novos diretores dos campi de Pato Branco, Gilson Ditzel Santos, e Dois Vizinhos, Everton Lozano. Além de Hernan, também tomaram posse os novos diretores de área. Por isso, o reitor justificou a vinda dos pró-reitores Jean-Marc Stéphane Lafay (Graduação e Educação Profissional) e José Marcos Marcassi Rodrigues (Relações Empresariais e Comunitárias) “pra estreitar o trabalho com eles [diretores de área]”.

Curso de Agronomia: “Queremos abrir o quanto antes”
Marcos Flavio foi questionado sobre a abertura da primeira turma do curso de Agronomia no campus de Beltrão. A nova graduação – a quinta da UTFPR em Beltrão – foi aprovada em 2020 nas instâncias internas da instituição. “Nós queremos abrir o quanto antes”, salientou o reitor.Uma das questões que precisam ser superadas é a designação de professores para a nova graduação. “Estamos tentando fazer um trabalho em rede com ensino híbrido. Isso já é um desdobramento da pandemia. A expectativa é que logo possamos lançar o curso”, disse.

O novo diretor, professor Hernan Vielmo, explicou que a primeira turma não foi aberta em junho devido à pandemia, porque precisa ser presencial e vai funcionar à noite, “pra atender os produtores rurais e os filhos dos produtores”. Marcos Flavio e Hernan destacaram que a legislação, agora, prevê que 40% da carga de aulas possa ser desenvolvida no sistema de ensino a distância. As aulas de disciplinas de Ciências Humanas poderão ser aplicadas neste sistema EAD para os alunos da nova graduação.

Fonte e foto: Jornal de Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *