Paraná libera recursos para ações ambientais

O governador Carlos Massa Ratinho Junior liberou nesta terça-feira (29) R$ 109 milhões para projetos e equipamentos ambientais em 284 municípios paranaenses, dentro das ações da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest). Os recursos são do programa Paraná Mais Cidades, oriundos de emendas parlamentares, e vão viabilizar a implantação de 15 Parques Urbanos, a compra de veículos para a Patrulha Ambiental, equipamentos para a reciclagem de resíduos sólidos, construção de barracões de reciclagem, entre outras ações.

“Esses recursos fortalecem a política ambiental do Paraná, o único estado brasileiro reconhecido pela OCDE como exemplo mundial de sustentabilidade”, afirmou o governador. “Dessa forma, contribuímos para que os municípios possam fazer o manejo correto dos resíduos sólidos, recuperem áreas degradas, que são transformadas em espaços de lazer e preservação, e outras ações que fazem com que o Paraná esteja cada vez mais próximo de atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”.

O secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, destacou o apoio dos deputados estaduais na liberação de emendas parlamentares, que fortalecem as ações sustentáveis nos municípios. “Queremos aliar o crescimento e geração de renda com a preservação ambiental, um grande pacote de sustentabilidade. Houve um grande esforço da Assembleia Legislativa, dos nossos deputados, para destinar esses recursos a uma série de ações”, disse.

O diretor-presidente do Instituto Água e Terra, Everton Souza, salientou que o pacote traz grandes benefícios à população dos municípios atendidos. “Os equipamentos e veículos entregues são fundamentais para que as cidades desenvolvam políticas públicas ligadas ao meio ambiente. Muitas prefeituras têm boas intenções, mas não têm as condições materiais para executá-lo. Isso que temos apoiados dentro do IAT e da Sedest, com a viabilização de recursos para que sejam destinados às ações ambientais”, completou.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *