Paraná completa dois meses de vacinação contra Covid-19

Há dois meses, em 18 de janeiro, era vacinada a primeira paranaense: a enfermeira Lucimar Josiane de Oliveira, que desde o início da pandemia esteve na linha de frente de combate ao coronavírus no Complexo Hospital do Trabalhador. Naquela data, o CHT vacinou mais sete profissionais, dando o pontapé inicial à execução do Plano Estadual de Vacinação Contra a Covid-19 no Paraná.

Desde então, 553.135 paranaenses foram vacinados e 745.046 doses foram aplicadas, sendo 191.911 aqueles que já receberam a segunda dose, garantindo sua imunização por completo. No total, foram 1.260.000 doses recebidas pelo Ministério da Saúde: 1.071.000 da Coronavac, produzida pela Sinovac e Instituto Butantan, e 189 mil do imunizante produzido na parceria entre Universidade de Oxford, AstraZeneca e Fiocruz.

Nestes 61 dias que marcam os dois meses desde as primeiras doses, o Paraná vacinou 13,32% do total da população de grupos de risco previstos no plano de vacinação. São 21 grupos prioritários, totalizando 4.019.115 pessoas.

Até o momento, foram imunizados com a primeira dose 11.196 idosos residentes em instituições de longa permanência; 667 deficientes; 9.085 indígenas; 252.121 profissionais de saúde; 32.114 idosos com mais de 90 anos; 64.836 idosos entre 85 e 89 anos; 110.261 idosos entre 80 e 84 anos; 72.190 idosos entre 75 e 79 anos e 675 idosos entre 70 e 74 anos.

“A vacinação é a estratégia mais eficaz de combate à Covid-19. Estamos empenhados em chegar a todos os paranaenses do grupo prioritário com rapidez. O Programa Nacional de Imunizações (PNI) é um ativo muito precioso do Brasil e que mais uma vez está ajudando a vencer uma emergência em saúde pública”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

O Estado conta com mais de 1,8 mil salas de vacinação e desde o começo do ano preparou a rede com seringas, agulhas e refrigeradores para dar velocidade à imunização. Desde o primeiro momento também utiliza aeronaves para acelerar a distribuição aos municípios.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *