Paraná alerta para risco de sobrecarga no sistema de saúde

sexta-feira, 03 julho 2020 | 08:41 AM

A Secretaria de Estado da Saúde vai notificar os 134 municípios das regiões de Cascavel, Cianorte, Cornélio Procópio, Região Metropolitana de Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu e Toledo para a necessidade de cumprimento das normas do decreto 4942/20, que estabeleceu novas restrições de funcionamento de atividades econômicas até 15 de julho.

Nesta quinta-feira (2), o boletim da Secretaria confirmou o maior número de mortes e casos da Covid-19 desde o início da pandemia. Foram 2.060 novas confirmações e 44 pessoas perderam que perderam a vida. O total de diagnósticos confirmados chega agora a 26.024 casos e 693 mortos entre residentes do Paraná, a partir da divulgação dos casos em 12 de março.

O documento da secretaria aos municípios reforça que apenas serviços considerados essenciais devem continuar abertos para evitar a circulação de pessoas e a reduzir a propagação da Covid-19. Segundo a secretaria da Saúde, o ritmo acelerado das infecções já coloca em risco a estrutura hospitalar disponível.

Um dos exemplos é Curitiba, que, mesmo com grande capacidade de atendimento, já utiliza leitos de outras cidades. É o caso do Hospital do Rocio, em Campo Largo, onde estão sendo tratados moradores da capital. Eles ocupam 50 de 94 UTIs e 63 das 93 enfermarias contratadas pelo Governo, segundo informações da secretaria.

Fonte: Portal Bem Paraná – Foto: Agência Estadual de Notícias

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *