Encontro debate vacina anti-Covid e futuro tecnocientífico do Paraná

terça-feira, 25 agosto 2020 | 08:37 AM

O Governo do Estado realiza nesta terça-feira (25) o painel virtual “A vacina anti-Covid e o futuro tecnocientífico do Paraná”. Participarão o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona; o diretor-geral da Secretaria da Saúde, Nestor Werner Junior; e o presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Augusto Callado. A coordenadora da Universidade Virtual do Paraná (UVPR), Maria Aparecida Crissi Knuppel, será a mediadora do evento.

A live está marcada para às 19h e será transmitida pelo site uvpr.pr.gov.br/telemedicina.

“O fato de o Paraná estar no centro do debate sobre a vacina contra o coronavírus mostra a importância do nosso sistema de saúde, de ciência e de tecnologia, construído historicamente”, disse Aldo Bona. “As universidades estaduais, por meio dos Hospitais Universitários, estão participando deste processo para que, após toda a validação do protocolo e aprovação da Anvisa, os pesquisadores de nossas instituições possam contribuir com a realização dos testes e aplicação da metodologia”.

O Governo do Paraná tem dois acordos com laboratórios para estudar a viabilidade de parcerias no Estado. Os acordos com o laboratório chinês Sinopharm e com o Instituto Gamaleia, da Rússia, buscam ampliar a cooperação técnica, as transferências de tecnologia e os estudos sobre a vacina contra a Covid-19, explica o diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Callado.

“A intenção com esses acordos é avaliar a viabilidade de realizar testes clínicos e até mesmo a produção da vacina no Paraná. Nesta etapa da cooperação, estamos estudando a metodologia da parceria que, caso seja operacionalizada, deverá trazer transferência de tecnologia ao Brasil”, explicou.

A Secretaria da Saúde, segundo seu diretor-geral, Nestor Werner Junior, está atenta a todas as possibilidades e pesquisas em relação a vacinas, como também de testes. “Buscamos nos aproximar do que ocorre de ponta no mundo para que o Paraná avance junto com o que há de melhor em ciência e tecnologia para a saúde. Pensamos sempre no que a ciência e a tecnologia podem avançar juntos e trazer melhorias e benefícios para a saúde”, afirmou.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *