Corpo de jovem segue desaparecido no rio Capanema em Ampére

segunda-feira, 18 novembro 2019 | 19:40 PM

Fale com a Rádio Ampére AM |

Já se passaram mais de 24 horas que Carlos Almir Reichel, 20, se afogou no rio Capanema, em Ampére, sudoeste do Estado. Ele desapareceu na tarde deste domingo, 17, quando tentava atravessar a nado de uma margem a outra do rio por volta das 15h. A vítima reside em Capanema, cidade da região, trabalhava com o pai em Realeza e até o final da tarde desta segunda-feira o corpo não havia sido encontrado.

O Corpo de Bombeiros de Francisco Beltrão foi acionado e as primeiras buscas foram feitas após às 17h do dia do incidente. Já no dia de hoje, segunda-feira, o trabalho foi iniciado na parte da manhã. Uma equipe com dois mergulhadores fez buscas, mas a vítima não foi localizada. Na parte da tarde voluntários ajudaram com a utilização de três barcos, mas até o fim do dia o corpo não foi encontrado.

Toda a ação é acompanhada por familiares de Carlos e da namorada dele, que reside em Ampére. Mônica estava na margem do rio quando Carlos sumiu na água. Ela contou aos bombeiros hoje cedo que o namorado atravessou para o lado de Santo Antônio e na volta começou a se afogar. Ele tentou pedir ajuda, porém ninguém conseguiu prestar socorro.

O que dificulta o trabalho de buscas é a forte correnteza e ainda a pouca visibilidade da água. Por outro lado, o que faz aumentar as chances do corpo ser encontrado, é que o nível do rio tem baixado, cerca de um metro, desde o desaparecimento de Carlos. As buscas foram encerradas por volta das 18h30 e serão retomadas nesta terça-feira.

Compartilhar

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *