Aplicativo ajuda a economizar e prevenir fraudes na Black Friday

terça-feira, 26 novembro 2019 | 15:11 PM

Fale com a Rádio Ampére AM |

Esperada por muitos consumidores, ao final do mês acontecerá a Black Friday, dia em que produtos são ofertados com preços mais acessíveis. O aplicativo Menor Preço, do Governo do Paraná, desenvolvido em parceria pela Celepar e a Secretaria da Fazenda, auxilia os cidadãos na hora das compras.

O aplicativo permite que o consumidor visualize um histórico anterior dos valores do produto, com a ilustração de um gráfico de segmento em que é possível medir os parâmetros de evolução e regressão em até 2 meses.

Assim, é possível saber se houve efetivamente redução no valor do produto a ser ofertado na Black Friday. O aplicativo é, portanto, um aliado para quem não quer cair em propaganda enganosa e também para economizar.

O Menor Preço faz parte do programa Nota Paraná, no qual participa o consumidor que coloca o número do CPF na nota fiscal. O usuário pode pesquisar o menor preço de um produto em mais de 100 mil estabelecimentos participantes do Nota Paraná.

As informações são atualizadas em tempo real toda vez que um estabelecimento realiza uma venda. “Toda semana, mais de 10 milhões de preços são atualizados”, explica a coordenadora do programa pela Secretaria da Fazenda, a auditora fiscal Marta Gambini.

CPF NA NOTA – A diretora do Procon, Claudia Silvano, destaca as várias iniciativas do Governo do Estado que também podem ajudar os consumidores. “É importante fazer o cadastro no Nota Paraná, pedir a nota fiscal na hora da compra e o CPF na nota, pois, além dos inúmeros benefícios, como prêmios e possibilidade de trocar por serviços ou ter desconto no IPVA, o consumidor terá a nota arquivada por 14 meses no aplicativo para caso haja necessidade de fazer reclamação ou troca”, explica ela.

Claudia ressaltou que quanto maior o número de pedidos de CPF na nota, maior será o banco de dados com informações de preços no aplicativo Menor Preço. “Mais consumidores serão ajudados e beneficiados, e as vantagens se estendem ao próprio mercado, pois fomenta uma competitividade positiva”, conclui.

Depois de se inscrever no Nota Paraná, o consumidor informa o produto, por meio de sua descrição, pela marca ou pelo código de barras. O programa pesquisa o menor preço da própria cidade do usuário.

Fonte e foto: Agência Estadual de Notícias

Compartilhar

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *