Com o intuito de reverter a baixa de 30% nos estoques dos hemocentros de todo o País, acontece neste mês de junho a campanha "Junho Vermelho" para estimular a doação de sangue por meio de ações de conscientização como a iluminação de prédios e monumentos estratégicos em diversas regiões. 

A queda acentuada acontece durante os meses de inverno, quando as pessoas saem menos de casa, tem mais problemas respiratórios e até mesmo aquela gripe básica de todo ano que se tornam impeditivos temporários.

Recentemente, alguns bancos de sangue do Estado de São Paulo já registram baixa de 60% em suas reservas. Esse recuo afeta, principalmente, o tipo O-, classificado como doador universal, e encontrado em menos de 10% da população brasileira.  
Estão iluminados, na cor vermelha, monumentos como o Palácio dos Bandeirantes (SP), o Memorial da América Latina (SP) a estufa do Jardim Botânico (PR).