A prisão do autor de um roubo a uma farmácia na última semana em Ampére, sudoeste do Estado, revelou que o mesmo estava envolvido em outros crimes na cidade. Ricardo Ribeiro de 23 anos foi detido após entrar em uma farmácia no centro da cidade e levar R$ 600 do estabelecimento. No momento da ação ele estava armado com uma faca.
 
Na sexta-feira, 12, após diligencias a Polícia Militar com apoio da Polícia Civil chegou até o homem, que estava em uma casa no bairro Rondinha. Ele foi preso e durante o depoimento na delegacia da cidade ele revelou que já tinha praticado outros delitos. A delegada Tais Melo explica que no dia 23 de fevereiro aconteceu o roubo a um minimercado no centro da cidade e foi descoberto que o mesmo foi praticado por Ricardo. “Após a prisão dele nós descobrimos durante o interrogatório que este tinha praticado também esse roubo no mini mercado. No dia do delito e no roubo a farmácia ele usava a mesma bermuda, conforme foi verificado pelas imagens das câmeras de segurança das duas empresas.” Nos dois casos ele estava armado com uma faca. 
 
A polícia fez a apreensão das roupas, da sandália que ele calçava na última quinta-feira - dia do roubo na farmácia da faca usada no crime e ainda da bicicleta que ele usou para chegar até a farmácia. A delegada conta que a bicicleta também era produto de furto. “Desde o dia do furto as equipes estavam na rua buscando capturar o homem e descobrimos ainda que a bicicleta usada na quinta também tinha sido furtada. Ele decidiu ir até a farmácia e quando estava se deslocando a pé ele avistou a bicicleta em uma residência e furtou.”
 
Dra. Tais conta que na conversa com o preso ele declarou que o dinheiro levado das duas empresas foi usado para comprar drogas. “Ele confirmou que roubava para alimentar o vício. Ele usou o dinheiro dos dois delitos para comprar drogas e dessa forma a gente percebe que as drogas tem grande reflexo na violência, pois o usuário comete qualquer coisa para poder adquirir o entorpecente.”
 
OUTRO CRIME
Ricardo já tinha sido preso em janeiro deste ano. “Ele foi detido no início de 2019 por violência doméstica e foi liberado em fevereiro. Agora foi detido por praticar o roubo a farmácia, o furto da bicicleta e o furto no mini mercado”, conta a delegada.

A delegada ainda enalteceu o trabalho conjunto com a PM. “Foi uma ação onde trabalhanos junto com Polícia Militar e o resultado foi super positivo. E isso é super importante para elucidação dos crimes e para a segurança pública no geral.”