O Paraná registrou queda de 10,6% no número de assassinatos nos primeiros quatro meses de 2019, em comparação ao mesmo período do ano passado, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp).

Entre janeiro e abril deste ano, foram 71 vítimas de homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte a menos do que em 2018. O número caiu de 668 para 597.

Ainda conforme o levantamento, houve aumento no número de vítimas de lesão corporal seguida de morte no estado: de 11, nos primeiros quatro meses de 2018, para 23, no mesmo período em 2019.

A queda nos assassinatos e o aumento no número de vítimas mortas após lesão corporal seguem o registrado no primeiro trimestre do ano no estado.

Segundo o levantamento, houve redução de 23,6% no número de vítimas de homicídio doloso no estado, se comparados os primeiros quadrimestres dos dois anos. Foram 719 mortes em 2018 e 549 em 2019. Cento e setenta vítimas a menos.

No balanço sobre mortes por latrocínio, a diminuição foi de 37,5%, com 15 vítimas a menos. Em 2018, o estado registrou 40 mortes pelo crime em 2018, contra 25 vítimas em 2019. Entre janeiro e abril deste ano, o Paraná teve aumento de mais de 52% em vítimas de lesão corporal com morte, conforme os dados da Sesp. O número subiu de 11 para 23.

O levantamento nacional dos dados de mortes violentas faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.