A agricultora Tereza Griebler 60 anos, moradora do interior de Dionísio Cerqueira faleceu na madrugada de hoje (08), após ter contato com uma taturana. Ela teria encostado em uma taturana no dia 02 janeiro, enquanto fazia o manejo do gado. A mulher percebeu a queimadura na hora, mas como o ferimento era pequeno, não deu importância.
 
Segundo familiares da vítima, ela passou a apresentar vários sintomas como febre e vômitos, sendo levada ao hospital do município. Na unidade, ela recebeu atendimento para os sintomas apresentados, já que havia um surto de gastrointerites na região, ela foi medicada e os sintomas passaram, sendo então liberada.
 
Ao retornar para casa, Tereza começou a apresentar fortes dores de cabeça. Ela foi novamente encaminhada ao hospital, onde foram realizados exames detalhados que confirmaram a presença de veneno no sangue. Após ser questionada a mulher acabou lembrando do fato e relatou a equipe que havia encostado em uma lagarta.
 
Imediatamente a mulher foi transferida ao Hospital Regional de São Miguel do Oeste para atendimento especializado. No hospital as equipes médicas constataram que a mulher já tinha “perdido” o funcionamento dos rins, sendo necessário submetê-la a hemodiálise e transfusão sangue.
 
Apesar de todo esforço da equipe médica, Tereza não reagiu e acabou morrendo na unidade.
 
(Informações: Fronteira Online/Portal Peperi)