A administração de Ampére está preocupada com a saúde do município após a saída dos profissionais Cubanos do programa Mais Médicos. Em Ampére eram quatro profissionais que atuavam em Unidades Básicas de Saúde e também no Hospital e Maternidade Santa Rita.

O orientação de Cuba é que os profissionais voltem para o país o quanto antes, sendo que aqui de Ampére um dos profissionais já embarcou rumo o país de origem. Segundo informou o prefeito de Ampére, Disnei Luquini, em entrevista à Rádio Ampére, até o final do mês os demais médicos deverão encerrar as atividades também. Uma reunião de emergência foi realizada em Curitiba com as regionais de Saúde para tratar sobre a grave situação.

Disnei anunciou ao vivo na programação que a Secretaria de Saúde deverá ficar sem atendimento médico em algumas unidades de Saúde enquanto a reposição dos profissionais seja feita. As UBS não serão fechadas, afirmou ele, ficarão apenas com os serviços de rotina das unidades, como curativos, vacinação e demais atividades de enfermaria.
Com o processo seletivo aberto pelo governo para a contratação de médicos deverá garantir três profissionais aqui para Ampére.

A orientação é que em caso de urgência a população procure o hospital Santa Rita e o Posto de Saúde Central.

Horário Diferenciado

A administração de Ampére estará com atendimento diferenciado neste final de ano. As portas da prefeitura, secretarias e Unidades de Saúde, estarão abertas das 8h às 11h da manhã e das 13h às 16h da tarde.